quinta-feira, 26 de abril de 2012

Parede texturizada para quartos ou salas

 Essa parede eu fiz com massa corrida, esponja de aço e três tons de verde-limão.
Super bem lixada, pois eu passo meia-calça no acabamento final,
para não ralar ou arranhar quem se encostar na parede.


O orçamento é sem compromisso e o material já está incluído.
Você pode deixar recado aqui, ou enviar um recado
pelo Facebook (procure por Bruh Floripa)
que logo entrarei em contato.

Bom fim de semana pra todos!
Bjokas mágicas da Bruh! =**

domingo, 22 de abril de 2012

Imagens com Mensagens do Blog da Bruh no Facebook

Hoje eu acordei "Filósofa", como diz meu querido pai.
Então procurei umas imagens bacanas no google e
adicionei mensagens que eu já conhecia, mas desconheço os autores.
Algumas eu modifiquei um pouquinho... acrescentei uma linha ou outra...
Risos... Não resisti completar e filosofar também.

Precisando dar um "up" na página
do Blog da Bruh lá no facebook,
juntei as imagens e os textos.
E o resultado?
Os seguidores do blog sabem primeiro, é lógico.

Abaixo, segue a montagem das imagens com os textos
que irão enfeitar nossa página do Blog no face,
afinal, estamos ficando modernos, né?
(Estar no facebook é ser moderna? =o)


♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Uma ótima semana pra todos nós!






domingo, 15 de abril de 2012

Heliconia rostrata


Nome Científico: Heliconia rostrata
 A variedade é comum em jardins decorativos.


Heliconia rostrata

Sinonímia: Heliconia poeppigiana, 
Bihai poeppigiana (Eichler ex Petersen)
 Kuntze, Heliconia pendula Wawra, 
Heliconia poeppigiana Eichler ex Petersen.

Nome Popular: Helicônia, bananeira-do-brejo,
bananeira-ornamental, bananeira-do-mato,
caeté, caetê, papagaio

Família: Musaceae (Heliconiaceae).
Divisão: Angiospermae

Origem: Amazonas, Acre, Peru.
América do Sul, América Central,
Ilhas do Pacífico e Indonésia.

Ciclo de Vida: Perene
Tipo: Planta (Arbusto).


Ambiente: Pleno Sol ou Meia-sombra.
Não é tolerante ao frio.

Clima: Subtropical, Tropical, Tropical de altitude, Tropical úmido.
Aprecia solos úmidos e ricos em matéria orgânica.

Época de Floração: Primavera, Verão, Outono, Inverno.

Propagação: Multiplica-se pela divisão da planta
ou das touceiras, cortando-se seus rizomas.


Mes(es) da Propagação: Primavera, Verao, Outono, Inverno - Ano Todo.

Persistência das folhas: Permanente.
Os ventos fortes podem danificar suas folhas.

Altura das folhas: 3 m. - Diâmetro: 3 m.

Suas folhas atingem até 3 metros de altura
 e são parecidas com as da bananeira, uma Musaceae.




Planta tropical por excelência, esta espécie de helicônia,
é a que produz as inflorescências mais espetaculares e ornamentais.


Estas inflorescências são sempre pendentes,
com o comprimento que varia de acordo com o número de flores.


As brácteas são de coloração vermelho vivo
com bordas de cor amarelo e verde. 
As flores são pequenas e brancas e surgem do interior das brácteas.

Esta helicônia, se bem adubada e irrigada
produz flores durante o ano todo,
mas principalmente nos meses mais quentes.


Presta-se para formação de renques junto a muros,
maciços ou como planta isolada.

É muito utilizada como flor-de-corte também.


♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


Onde encontrar:


No Blog da Bruh tem mudas,
é só conferir clicando na $ Tabela de Mudas $.

sábado, 14 de abril de 2012

O que se deve fazer no OUTONO


O outono é o momento ideal para
semear e plantar algumas espécies

 de frutíferas que presentearão você e sua família

com seus deliciosos frutos nas estações seguintes.





As folhas secas e avermelhadas caídas no chão
 e as árvores praticamente sem folhas
 estão bem longe de formar uma paisagem exuberante.



Mas acredite: é exatamente neste período do ano
 que muitas das espécies frutíferas devem ser semeadas e plantadas.

O outono é a época mais adequada
 para a semeadura de espécies como
 morango, melão e até mesmo a refrescante melancia!
 Abacaxis e amoreiras também se desenvolvem melhor
 quando plantados entre os meses de abril, maio e junho.

 O final do outono é indicado como época de plantio de caquizeiros, macieiras, pereiras, pessegueiros, parreiras, laranjeiras e limoeiros.

Para qualquer uma dessas espécies,
 a recomendação é semeá-las e plantá-las em local definitivo,
 seja ele um canteiro especial ou o quintal de casa.


Preparando o solo:

Antes de fazer a semeadura, é importante preparar o solo,
 o que inclui numa boa limpeza dos canteiros ou do quintal.

Todas as plantas velhas ou secas
 e as ervas daninhas devem ser retiradas.
Pedras, cacos de tijolos ou qualquer outro tipo
 de entulho deve ser removido.

Feito isso, o trabalho poderá começar.

Primeiro, a terra precisa ser virada com o auxílio de uma cortadeira.
 Só então é que devem ser colocados os
 adubos e fertilizantes, de preferência orgânicos.
 Em seguida, a terra deverá ser afofada novamente,
 usando para isso o garfo afofador.

Plantadas as sementes,
 é a vez de proteger a área dos ataques de pássaros
 e da força dos ventos e das chuvas.

 Os sombrites são ideais para fazer a cobertura total do canteiro.

 Sua instalação é simples:
Basta fincar suportes em torno da área plantada e
 estender a tela de nylon, fixando-a
 na própria madeira
 que servirá de suporte.



♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Sexta-feira 13 de abril - Os vasos do Cemitério


Eu amo sexta-feira 13!


Até o apelido de Bruxa eu tive.
(Tenho?, rs... confissões online... mas esse é um outro causo).

Sexta-feira 13 me traz tantas recordações
que chego a sentir por poucos minutos o momento da nostalgia.


~> Minuto do Dicionário <~
Nostalgia é um sentimento que surge a partir da sensação
de não poder mais reviver certos momentos da vida.
Curiosidade:
O interessante sobre a nostalgia é que ela aumenta
ao entrar em contato com sua causa e
não diminui como o sentimento da saudade.
Exemplo: Se alguém sente saudades ou falta de um conhecido,
este sentimento cessa ao se reencontrar a pessoa,
com a nostalgia é exatamente o oposto,
ao reencontrar um amigo que gostava de brincar,
este sentimento nostálgico irá se alimentar e
não vai diminuir como a saudade.
Ou como aquela paixão que você nunca conseguiu esquecer
e quando ouve uma música se lembra daquele tempo.
Costumeiramente associa-se o sentimento nostálgico
a emissões sonoras de baixa frequência.   
Fonte: Wikipédia

Voltando ao causo...

Sexta-feira 13 me traz tantas recordações
que chego próximo ao momento nostálgico.
mas como eu guardo mais as boas recordações
porque é delas que retiramos boas energias,
lembro com carinho e saudade de alguns momentos vividos.


Na sexta-feira 13 de abril de 2001 (Sexta Santa)
acordei com a idéia fixa da solução de um problema.
A solução estava nos vasos do cemitério!
Isso mesmo que você leu, vaaasooosss de cemitério....
(Imagine a musiquinha de suspense de fundo, ok? rs)

Voltando ao passado...

No ano de 2001, eu trabalhava na TV de Paulínia,
no interior de São Paulo ("Próximo" de Campinas)
como Webmaster repórter da TVRS com Walter Costa.
(Amigo querido sumido que eu gostaria de ter notícias)
Meu salário não era dos melhores e minha sogra estava viúva
fazia cinco dias,  ficara sozinha morando em Florianópolis
e a família inteira morando no interior de São Paulo.
Meu marido preocupado com a mãe propôs que voltássemos
a morar em Florianópolis, até porque músico em Floripa
não precisa tocar "Morango do nordeste" todas as noites, risos.
(Mas esse também é - outro causo...)
Preocupados com a sogra, decidimos voltar a morar aqui em Floripa.
O que me deixou imensamente feliz, pois nasci aqui e aqui é o meu lugar.
E a grana minha gente, como fica? Da onde vem? Cai dos céus? Não!
"Bóra" arrumar um jeito de levantar um extra e pagar o caminhão da mudança
 para levar o que não coubesse no carro (O Fiat uno 147 - outro causo).
Tinha uma casa completa, louças, decorações, roupas, móveis dos quartos,
sala, cozinha, área de serviço, muitas plantas, vasos, floreiras,
eletrodomésticos todos a 110W (Floripa é 220W)galinha, gata, computador.
Algumas coisas iriam em caixas de papelão (A viciada em caixas - outro causo)
no caminhão da mudança, outras no carro comigo, outras tentei vender.

O jeito é abrir a casa e fazer que nem nos EUA, mas... e se a grana não der?
Os meus móveis já eram reusados porque eu ganhei a casa toda quando casei,
os familiares do marido doaram das casas deles e encheram a minha,
tudo usado, cada um cedeu uma coisa, e eu fiquei bem feliz com a ajuda.
Tento não me apegar a coisas materias, parece novo? Dá pra usar?
Pinta, lixa, repinta, costura uma capa, recicla,
faz umas almofadas e pronto, fica quase novo ou novo denovo.
Mas a grana poderia não dar e eu acabar vendendo só metade das coisas.
Com esse problema e tempo faltando, eu na TV com horários loucos,
marido na concessionária de dia e a noite cantando.
O que fazer a mais pra ganhar uma grana extra?
Passei quase uma semana indo dormir pensando nessa frase:
"- O que fazer a mais pra ganhar uma grana extra?
Pensa Bruh, pensa Bruh!..." e adormecia...
Na 'Sexta 13 Santa' acordei com a LUZ! \õ/
"Recicle os vasos do cemitério! Uma voz de fundo dizia..."
Aquilo ecoou na minha cabeça a manhã inteira e decidi ir ao cemitério,
já que eu estava de folga...
E a louca assim fez, almocei e fui ao cemitério de Paulínia.
Conversei com o coveiro e ele assim:
- Você quer os vasos do cemitério? Pode levar!
É um favor que você me faz, lá perto do cruzeiro das almas,
tem um monte de vasos que murcharam e foram jogados para o lixo.
Pode pegar quantos você quiser.
A cheche não vem mais buscar porque a kombi quebrou e estão para jogar fora.
Gente!!! Quando ouvi isso fiquei mais feliz que pinto no lixo!!
Se a creche não tem preconceito, porque logo eu vou ter?
É como eu sempre digo: Morreu, morreu, o que sobrou é meu!
Passei a minha tarde de sexta-feira 13
no cemitério separando vasos para reciclar.

Abri o porta mala do uninho, conhecido como Possanti,
e enchi de vasos até levantar as rodas dianteiras, risos.
O carro saiu do cemitério inclinado! kkkkkkkk
Peguei 120 vasos, mas em casa depois deu pra recuperar 106.
Se me recordo bem, eu estava de folga por ser Sexta Santa,
e passei meu feriado de Páscoa trabalhando nos vasos.
Lavei, lixei, passei massa corrida com cola pra recolar
e arrumar as imperfeições e os quebrados, pintei.
Depois de prontos, rezei cada um e cheia de fé
 limpei espiritualmente para não ficar energias cemiteriais no vasos.
Vibrei com felicidades a quem comprasse um e fui fazer negócios.
Deixei alguns expostos em consignação, outros eu vendi na hora da oferta,
fiz promoções e em 60 dias eu tinha vendido tudo, exceto um,
que guardo de lembrança comigo.
Está velhinho, mas é o meu vasinho querido que veio do cemitério!


O vasinho do cemitério de Paulínia - São Paulo


Este fez parte de uma história muito bacana,
porque se não fosse pelos vasinhos,
eu não teria pago o caminhão da mudança. 
=D


♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

terça-feira, 10 de abril de 2012

Polyscias - Árvore da Felicidade - Fêmea e Macho

A sabedoria chinesa ensina que um jeito rápido e eficaz de equilibrar o ambiente,
reciclando as energias, é colocar uma árvore dentro de casa.

Vamos concordar que ter uma planta natural dentro de casa é um luxo. 
Não podemos esquecer que precisamos escolher as plantas,
de acordo com o ambiente e suas variações de iluminação, umidade e ventilação. 

Mas, existem pequenas árvores capazes de fornecer ótimas energias,
como a Árvore da Felicidade. 

Embora o nome popular dessa planta faça-nos pensar em uma árvore, devido a seu porte máximo de cinco metros ela é mais corretamente classificada como um arbusto, podendo ser cultivada em lugares sem muito espaço. 

As plantas conhecidas como macho e fêmea da árvore-da-felicidade pertencem ao mesmo gênero vegetal, mas correspondem a duas espécies diferentes.

Uma com folhagens mais finas e recortadas, num tom de verde mais suave, considerada “fêmea” (Polyscias fruticosa).
Árvore da Felicidade Fêmea (Polyscias fruticosa)
E outra com folhagens mais arredondadas, lembrando as folhas de uma salsa,
num verde mais escuro, é considerada “macho” (Polyscias guilfoylei).
E seu caule é mais consistente, o que diminui a probabilidade de ele tombar. 
Árvore da Felicidade Macho (Polyscias guilfoylei) 
Essas plantas apreciam bastante luz solar, pois gostam de muita claridade, mas sem sol direto que queima suas folhas, que também são sensíveis a ventos fortes e secos, suas folhagens se desidratam com facilidade quando expostas ao vento. 
Devido a essas razões, podemos plantá-la no interior de casa e são cultivadas com sucesso em apartamentos, desde que o vaso seja bem grande e posicionado em local que receba bastante iluminação. 

Como não se trata de uma espécie que cresce de forma homogênea, folhas e galhos secos devem ser retirados a cada três meses. Faça esporadicamente podas de formação no período entre a lua minguante e lua nova para controlar a altura máxima, principalmente na árvore da felicidade macho que costuma crescer mais rápido que a fêmea e para evitar que ela passe dos três metros, não cabendo assim dentro de casa. A medida também ajuda a evitar que o arbusto tombe.
Para evitar que a planta tombe, amarre o caule num cabo de vassoura ou um pedaço de bambu.
Ao término do inverno, quando a planta sai do estado de dormência, uma poda mais drástica é indicada para redefinir seu formato.
Quando podar as plantas devemos utilizar instrumentos de qualidade e pensarmos bem antes de fazer os cortes. Prefira podar na lua nova. 

Caso a planta comece a ficar desproporcionalmente grande em relação ao vaso, ou que apresente sintomas de estar demasiadamente apertada, devemos transplantá-la para um vaso maior. 

Quando for replantar suas mudas, plante num vaso de bom tamanho (cerca de 40 cm de diâmetro e 50 cm de altura), para que a planta possa se desenvolver durante um bom tempo sem precisar de transplante. A medida é suficiente para abrigar macho e fêmea, mas vale lembrar que não é necessário ter as duas espécies, já que uma não depende da outra para crescer. 

O solo deve ser do tipo típico tropical,
com uma excelente drenagem, use a seguinte mistura: 
1 parte de terra comum, 1 parte de terra vegetal,
1 parte de composto orgânico, 1 parte de areia. 

Podemos também cultivá-la no exterior, já que é um arbusto de meia-sombra, desde que fique próxima a plantas maiores ou muros que a protejam de ventanias e de passar o dia todo exposta a sol direto. 

Se o plantio estiver sendo feito no jardim, devemos cavar uma cova grande e revolver bem a terra para que fique fofa para que as raízes da planta cresçam bem. 

Esta é uma planta originária da Polinésia e cercada por lendas urbanas curiosas.
Dizem que plantar uma fêmea e um macho juntas no mesmo vaso, ajuda a atrair boa sorte, equilibrando as energias yin e yang para uma boa energia de amor! ♥ 

Uma curiosidade sobre essas plantas é que elas exalam
um aroma delicado no final da tarde. 

É comum que se queira uma fêmea e um macho no mesmo vaso, nesses casos devemos observar que será necessário de um vaso realmente grande para que ambas as plantas possam crescer bem, embora se trate de um arbusto, é uma planta de porte consideravelmente grande e que necessita de bastante espaço para suas raízes crescerem.

Um bom indicativo para as regas são as folhas, que revelam a necessidade de água: nunca as deixe murchar, pois podem cair. Em geral, uma boa medida é colocar o dedo na terra, que não deve ficar seca, mas também não deve ficar encharcado demais durante a rega. Ideal é regar uma vez por semana nos meses frios e de duas a três vezes por semana no verão, mas sem encharcá-la porque ela não gosta de umidade em excesso.

Para se desenvolver, a árvore da felicidade precisa
que o solo seja rico em matéria orgânica.
Adube uma vez por ano com NPK 10-10-10 na primavera e verão
para garantir que a planta não sofra a falta de nenhum nutriente.
Pode também usar húmus de minhoca a cada três meses.

Para proteger sua árvore da felicidade ou Polyscias das pragas,
principalmente as cochonilhas e pulgões,
que são atraídos por seus perfume e suas folhas rugosas,
você pode utilizar algumas dicas:
- Aplicação mensal do óleo de neen;
- Pulverizar calda de fumo nas folhas quando perceber as pragas. 

O crescimento da árvore da felicidade é bem lento.
O exemplar macho desta foto foi plantado
faz 15 anos e tem hoje 2,47m de altura. 

Abaixo, a foto das árvores que estão na sala da casa da minha mamãe.

Veja que maravilhosas!
Nada de "super cuidados",
apenas iluminação, umidade e ventilação do jeitinho que a planta gosta.

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ 

Eu acho um luxo ter Árvores da Felicidade! 

E você, já tem a sua?
Ainda não?
Solicite sua muda no Blog da Bruh! =D 

Ou compre um vaso pronto decorativo, escolha sua cor e faça sua encomenda.
Lá na guia Empório da Bruh no início da página.

Entrego apenas em Florianópolis ou Região.
Ou você marca uma hora e vem buscar aqui, OK?

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
Leia mais:

Alamanda amarela - Allamanda cathartica L

Amaryllis, Açucena, Flor da Imperatriz, Amarilis

Helicônia vermelha - Heliconia rostrata

Lírio do Amazonas - Eucharis amazonica

Vasos Grandes de Cerâmica

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Minutos de chuva, granizo e ventania louca na Ressacada


Liguei para minha mamãe hoje pela manhã e

perguntei como passou a chuva de ontem
no final de tarde na casa dela.
Mamãe mora no continente de Floripa, 
eu moro na ilha.
Ela me disse que lá não choveu, nem percebeu vento algum.
Como pode acontecer uma rápida e forte tempestade
na mesma cidade apenas de um lado da ponte?
Quem esteve no jogo no estádio do Avaí ontem
recebeu pedrada de granizo na cabeça porque eu sei, eu vi e ouvi.
Se quiser, veja o comentário minúsculo no blog dos avaianos:

Lá no blog eles descrevem como teve de tudo
"Sei que teve de tudo, muita chuva, granizo, muitos gols perdidos..."

Domingo, 8 de abril de 2012, ontem, às 16h05 em Florianópolis - SC

Passou uma ventania com chuva de granizo aqui no meu quintal.
Foram alguns minutos, eu, sentada olhando a ventania,
tomando um café solúvel, na área de serviço de minha casa,
ouvindo os gritos no estádio devido ao jogo, à chuva, ao granizo
e olhando o prejuízo acontecer... fazer o que né?
Diz o ditado "Quem está na chuva é para se molhar",
penso no pessoal no estádio recebendo pedras na cabeça, risos.

Não posso correr numa chuva de granizo e
tem situações que nem entrando na chuva
para se molhar daria algum resultado.

Fiquei sentindo aquela angústia ao assistir minha estufa "indo pro beleléu",
os ventos foram tão loucos que por pouco
meu salgueiro não foi ao chão pela segunda vez.
Vi minha árvore querida entortar com o vento,
a ponto de conseguir imaginar vendo ela quebrar ou
cair por cima do galinheiro, dos marrecos...
as colunas da minha estufa estimada,
sendo quebradas e derrubando tudo lá dentro.
Olha o resultado das colunas quebradas pela força
dos ventos e a tela toda rasgada:



Lado de fora da estufa da Bruh 
Tive um prejuízo considerável para minha "cubícula empresa"
na estrutura (vigas e telas), prateleiras, sementeiras, mudas e vasos de cerâmica.

Lado de dentro da estufa da Bruh
"Chorar o leite derramado pra quê?" rs
Rir pra não chorar, peteca pra cima e bóra arrumar tudo de novo!
A vida é assim mesmo, montanha russa, ora está boa, ora fica ruim.
Cabe a gente encher o peito de coragem e força na peruca!
E como já é de conhecimento geral que eu construo e reconstruo tudo de novo
estarei bem ocupada nas próximas semanas trabalhando
em prol de que volte tudo ao normal.

Estou postando essa triste notícia aqui, porque
achei ser essa, a maneira mais fácil ( e econônica no momento)
de avisar aos amigos clientes, depois de enviar alguns
SMS com o endereço do Blog, e pedir a compreensão dos mesmos,
pois está perdida algumas encomendas de vasos, mudas e sementeiras.

Agradeço a compreensão de vocês desde já.
Bjos da Bruh! =*

quinta-feira, 5 de abril de 2012

O que se deve fazer em ABRIL


No mês de Abril já estamos no outono,
lembre-se que tudo que for semeado agora,
crescerá durante o frio, ou seja,
deve-se estar atento para seleção de variedades
uma vez que as culturas semeadas nesta época
 se desenvolverão em clima de inverno. 
Regar as plantas, de preferência, pela parte da manhã.
Defender a horta e o jardim dos ataques dos insectos e
dos caracóis e das lesmas com pesticidas apropriados.



CAMPOS e HORTAS

Em abril inicia o plantio das pastagens de inverno,
especialmente a aveia e o azevém.
Preparar os terrenos destinados à próxima sementeira.
É nesta época que tomam maior incremento as sementeiras
da Primavera como, por exemplo, as do arroz, dos grãos,
da luzerna, dos trevos, da beterraba, do feijão e do milho.
Sachar o milho já nascido, aplicar nitrato em cobertura,
no caso de o aspecto da seara não ser bom, isto é,
no caso de a folhagem ter um tom amarelado.
Terminar a preparação dos terrenos destinados às
sementeiras e plantações próprias da época.

Momento adequado também para semear direto no canteiro
o agrião, almeirão, beterraba, nabo, salsa, alho e rúcula.

Semear na sementeira:

Abóbora, acelga, alfaces de vários tipos, agrião, almeirão,
brócolis, erva cebolinha para tempero, chicória,
couves de vários tipos, couve-flor, espinafre, ervilha, feijão,
melancia, melão, nabiças, nabo, pepino, rabanete, repolhos,
rúcula, salsas, salsinha,  salsão, tomilho. 

Abóbora Moranga de Exposição - Vendo mudas por R$ 2,00 cada

Plantar ou transplantar:

Abóbora, alface, alho, alho-poró, batata, beterraba, cebola, cenoura, chicória,
 coentro, cominho, couves, morango, pimentas, pimentões e tomates. 

 Colhe-se:

Goiaba, caqui, jambolão, pimentas,
alfaces, couves, pimentões, cenouras.

Aplicar um pouco de adubo azotado solúvel às hortaliças
que se encontram já pegadas,
o que irá beneficiar o desenvolvimento das plantas.
Evitar, tanto quanto possível,
que o adubo atinja as zonas verdes das plantas
para que não se queimem.


Eu tenho em minha estufa mudas para plantar nesse mês,
 à pronta-entrega, 
entre em contato via


facebook, orkut ou telefone (cartão de visitas).

Vendo mudas para Florianópolis e região.
Mudas por R$ 2,00 cada:

Abóbora Moranga Zapallo de Exposição
Abóbora Moranga Coroa
Abóbora Menina Brasileira
Abóbora Goianinha
Abóbora Rajada seca melhorada
Melão Gaúcho Caipira
Melancia Charleston Gray

Pepino para conserva Pioneiro


NO JARDIM


Plantar tubérculos de andorinhas, begónias e gladíolos.
O terreno onde se plantam os tubérculos manter-se-á
mais ou menos humedecido, mas nunca em excesso,
o que poderia provocar o apodrecimento dos tubérculos.

Semear abóboras ornamentais,
amores perfeitos, assembleias, ásteres, baunilha,
campainhas de trepar, casadinhos, cóleos, esporas,
gafão japonês, gipsófilas, malvaíscos, manjericos,
perpétuas, petúnias, saudades, valverdes e zínias.

A época é propícia para estarquia
principalmente feitas durante a lua nova ou crescente.

Floresce a ipomeia.

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Se alguém souber de algo mais
 que possa acrescentar aqui, deixe seu recadinho.
Sintam-se todos beijados, =* By Bruh!


LEIA MAIS:

- A Influência da Lua na Natureza (Em Breve); 

SACIE MINHA CURIOSIDADE, POR FAVOR RESPONDA... COMO VOCÊ CHEGOU ATÉ O BLOG DA BRUH?

Participe do Blog da Bruh! =D

Caso não abra a lista de Amigos da Bruh logo abaixo desse recado, por favor, tecle F5 para atualizar a página. Obrigada.

Que bom ter você aqui! Amigos do Blog da Bruh:

Para evitar aborrecimentos, pessoas de má fé e afins, é necessário fazer login usando uma conta que já tenha sido criada (Google, Orkut, Twitter, Yahoo) para participar do Blog da Bruh. Agradeço desde já sua compreensão. Fico imensamente feliz quando você comenta e diz que esteve por aqui.
Comentem à vontade em qualquer postagem!